Uma Passagem Para O Infinito: Junho 2015

07/06/2015

A Grande Tag Musical


Depois de procurar muuuito (sério, tá muito difícil encontrar Tag's que não sejam em forma de vídeo), vi essa tag no blog Nerdices De Uma Garota (a tag é original do canal Geek Freak) e resolvi que iria fazê-la. São 16 perguntas aleatórias sobre o meu gosto musical. Let's go!
(Obs: Me desculpem pelo post gigante!)


1- Gênero favorito?
Basicamente Pop e Rock.

2- Banda ou cantor(a) mais ouvido(a) do momento?
No momento estou escutando muitas coisas variadas, então, nada de ouvir a mesma banda/cantor o dia inteiro (por enquanto).

3- Música preferida do momento?
O novo single da Melanie Martinez, Pity Party (<3
"I'll cry until my pity party's in flames"

                                    

4- Três artistas favoritos? 
Imagine Dragons, Green Day e Panic! At The Disco.

5- Aquela banda para qual você sempre volta?
Green Day, sempre.

6- Trilha sonora de filme favorita? 
Sem dúvidas a de "A Escolha Perfeita (1 e 2)".

7- Música preferida de todos os tempos?
Oasis - Wonderwall
                                 
                               
8- Último show que foi?
Não me lembro, provavelmente do Rosa de Saron.

9- Música mais vergonhosa no computador, celular, itunes?
Alô, Alô Marciano - Elis Regina. Não que seja vergonhosa, mas lembro da rodinha cantando no colégio essa música todo dia.

10- As três músicas mais tocadas de acordo com o seu player? 
Baixei várias músicas recentemente, então fica entre Pity Party - Melanie Martinez, Lonely Girl - Tonight Alive e Lovin' So Hard - Becky G.
                                   
                                   

11- Que música sempre te faz sorrir?
Party In The U.S.A - Miley Cyrus. Sério, adorava ficar imitando esse clipe em frente ao computador, e me traz lembranças muito boas e inspiração pra seguir em frente.
                                 

12- Que música você ouve quando está triste? 
Two Pieces - Demi Lovato. Dói na alma.

13- Que música te faz dançar?
Qualquer uma (animada) da Beyoncé.

14- Bandas ou cantores desconhecidos que você indica.
Melanie Martinez, Echosmith, Tonight Alive, Never Shout Never, Passion Pit, Vespas Mandarinas, Neon Trees, Jessica Jarrel, All Time Low, Andrew Belle, (1000 anos luz depois...) Charlie Puth, Jasmine Villegas, Breathe Carolina e vááááários outros.

15- Letra ou citação preferida?
No momento, minha citação preferida vem da música "Piloto Automático" da banda Supercombo: 
"Eu devia sorrir mais
Abraçar meus pais
Viajar o mundo e socializar
Nunca reclamar
Só agradecer
Fácil de falar, difícil fazer"
16- Que banda, cantor(a) ou música te lembra uma situação específica?
O RBD me lembra várias coisas, uma delas é que meu primo tinha uma coleção de figurinhas deles (e muitas daquelas que vinham cheia de brilho) e um dia eu roubei várias dele. (Espero que ele não leia esse post, e se ler, saiba que eu te amo <3) 

Ufa, que post gigante! Sintam-se à vontade pra responder a tag e não esqueçam de me mandar, irei adorar conhecer o gosto musical de vocês.
Isso é tudo pessoal.

06/06/2015

Take a breath

Hallelujah - Panic! At The Disco
As vezes, a vida nos ensina uma lição, as vezes, a vida nos despedaça, joga nossos sonhos longe, cada vez mais longe, para nos testar, para saber o quanto aguentamos e até onde chegamos, se merecemos receber o grande êxito ou se devemos partir para outra.
A questão é, por que nos preocupamos tanto com o amanhã, e não pensamos no hoje? Por que, afinal, deixamos de fazer algo para não nos arrependermos amanhã, e ao mesmo tempo queremos aproveitar ao máximo o hoje sem pensar no amanhã?
A vida é controversa, é cheia de paradoxos, de curvas e de pecados.
O ser humano é falho, é vago e imperfeito, e a cada dia mais nós somos influenciados por opiniões alheias, deixando de formar nossa própria visão sobre cada pedacinho do universo. A cada dia mais, vemos mais pessoas brigando por coisas fúteis, discutindo por influência de outras pessoas, cometendo crimes por achar que isso os tornaram os reis da cocada preta, desrespeitando a própria família por acharem que eles estão apenas "pegando no pé", com aquele maldito véu que os fazem deixar de enxergar a real realidade.
Com tudo isso, me pergunto todos os dias: Onde chegou a humanidade? Onde vamos parar? Por que tanto ódio e rancor?
Por que, ao primeiro obstáculo, deixamos de correr atrás dos nossos sonhos? Por que algumas pessoas são mais privilegiadas do que as outras? Como, quando e por quê a sociedade virou tão hipócrita?
Eu só respiro fundo e espero que, um dia, toda essa hipocrisia chegue ao fim.

Regra Nº 1: Seja você mesmo.



Olá você, humano (ou alien).
Seja bem vindo.
Você provavelmente não me conhece, mas vou te incentivar a fazer algo.
Hoje, seja você mesmo.
Ria muito, cante, grite, dance, se divirta e viva como se não houvesse o amanhã. Não tenha medo de ser quem você é. Pinte a cara, ou seja natural, seja neutro ou seja colorido, seja Rock ou Indie, Americano ou Britânico, Inglês ou Português, seja o que sua alma e seu coração diz, independente de qualquer coisa. Vamos ser diferentes, o mundo está cansado de gente igual.
Respire fundo e pense na sua essência, expire e deixe ela brilhar.
Esqueça os que os outros dizem, suas opiniões contrárias e seus julgamentos, se elas não forem construtivas, não servem pra nada.
Vista o que quiser, escute o que quiser, dance o que quiser, se liberte.
Seja livre, meu caro amigo, se expresse, seja feliz e voe muito alto.


Máscara - Pitty